domingo, 19 de outubro de 2014

Os humanoides, o dinheiro e o Planeta


Vírus do Ébola é mais uma Farsa Global

Heis um relato de um Africano chamado “Nana Kwame”, em que afirma que existem outras razões para esta euforia do vírus Ébola.
Heis o relato
As pessoas do Mundo Ocidental precisam de saber o que está a acontecer na África Ocidental.
ELES ESTÃO A MENTIR!
O “Ébola” como vírus NÃO existe aqui e NÃO está a ser “disseminado”. A Cruz Vermelha trouxe uma doença a 4 países específicos e por 4 razões específicas e só é contraída por aqueles que recebem tratamentos e injecções que provêm da Cruz Vermelha. Por essa razão, Liberianos (Libéria) e Nigerianos (Nigéria) começaram a expulsar a Cruz Vermelha dos seus países e a relatar a verdade.
Razões:
A maioria dos blogs de noticias alternativas realçam logo a “Despopulação”, o que sem dúvidas está na mente do Ocidente quando vêm a África. Mas asseguro-vos que a África NUNCA poderá ser despovoada matando 160 pessoas por dia quando nascem milhares diariamente, portanto as verdadeiras razões são muito mais tangíveis.
Razão nº1: Esta doença que foi implementada através de vacinas “chamada” Ébola,  foi introduzida na África Ocidental com o objectivo final de trazer tropas às terras da Nigéria, Libéria e Serra Leoa. Como recordam, estávamos a tentar entrar na Nigéria para revelar a mentira sobre “Boko Haram”, mas acabou por não se concretizar quando os Nigerianos começaram a dizer a verdade. NÃO EXISTEM MENINAS PERDIDAS. O apoio mundial caiu por terra e foi necessária uma nova razão para trazer tropas à Nigéria e roubar as novas reservas de petróleo que foram descobertas.
Razão nº2: Serra Leoa é a maior fornecedora de diamantes do mundo. Nos últimos 4 meses os escravos mineiros têm estado em greve, negando-se a escavar os diamantes devido às HORRÍVEIS condições de trabalho e aos salários de escravos. O Ocidente não pagará um salário justo pelos recursos porque a ideia é manter essa gente a sobreviver à base de arroz e ajuda estrangeira – sempre dependentes, de maneira que esses povos permaneçam como uma mão de obra barata para sempre.
Outra razão para trazerem as tropas à Serra Leoa é para OBRIGAR o fim da greve dos mineiros de diamantes. Esta não é a primeira vez que fazem isto! Quando os mineiros param de trabalhar, enviam tropas e se tiverem que os matar a todos e substituí-los, assim o fazem. O único desejo é ter os diamantes a fluir para fora do país. É claro que, para lançar várias campanhas para invadir esses países separadamente seria muito suspeito. Mas algo como o “Ébola” permite acesso completo à área simultaneamente.
Razão nº3: Além de roubarem indiscriminadamente o petróleo Nigeriano e de forçar a Serra Leoa para que volte à mineração, também foram enviadas tropas para OBRIGAR à vacinação (veneno mortal “Ébola”) nos Africanos que não são suficientemente tolos para aceitar voluntariamente.
3.000 soldados estão a ser enviados para cá para assegurar que este “veneno” continue a espalhar-se, porque – REPITO – espalha-se apenas pela vacinação – isto devido ao facto de este vírus ser unicamente transmissível por mucosa, sangue, como a Sida.
Enquanto mais e mais artigos de notícias são publicados, informando o público sobre as mentiras e manipulação dos EUA, mais e mais Africanos estão a rejeitar a visita da Cruz Vermelha. As tropas obrigarão à implementação das vacinas nas pessoas para assegurar a aparição visível de uma “pandemia Ébola”. Além disso, eles protegerão a Cruz Vermelha dos Liberianos e Nigerianos que os estão a expulsar, com toda a razão, dos seus países.
Razão nº4: O Ébola é susceptível a balas? Ridículo. E por último, mas não menos importante, a APARIÇÃO desta “pandemia” Ébola será usada para assustar incontáveis milhões de pessoas para que aceitem a “vacina contra o Ébola”, o que na realidade É A PANDEMIA.
Eles já iniciaram a história de como o Ébola foi levado para os EUA e como já apareceu em Dallas, de como médicos brancos foram curados mas não são permitidos aos negros infectados receber o tratamento, etc. Tudo o que será feito é fazer com que os negros LUTEM para obter a vacina, porque parece que a “CURA” está a ser mantida longe dos negros. Eles correrão em massa para obtê-la e logo haverão graves problemas.
Com tudo o que vimos revelado sobre as vacinas este ano vocês podem pensar que aprendemos a nossa lição. Tudo o que posso dizer é esperar que assim seja, porque eles dependem altamente da nossa ignorância para completar os seus planos.
Perguntem-se a si mesmos se o Ébola realmente espalhou-se de pessoa a pessoa, em vez de se ter propagado de forma controlada através de vacinação, e PORQUE é que o CDC e o governo dos EUA continua a permitir voôs dentro e fora desses países, absolutamente sem nenhuma regulamentação?
Temos que começar a pensar e compartilhar informação mundialmente porque eles não nos dão a verdadeira perspectiva das pessoas que vivem aqui na África Ocidental. Eles estão a mentir para o seu próprio benefício, e não existem vozes suficientes para ajudá-los a compartilhar a sua realidade.
Centenas de milhares foram assassinados, paralisados e incapacitados por essas e outras “novas” vacinas por todo o mundo, e finalmente estamos a ficar conscientes disso.

 
 


Agora, TU o que fazes com esta informação ???
“simplesmente” o

Links:

ACORDA

3 comentários:

  1. Isto será verdade?

    Dou-me o direito de não acreditar, porque se me der o direito de acreditar terei de DESPREZAR essa "coisa" a que chamam "humanidade" e mudar-me para a selva onde vivem os animais selvalgens, porque estes, eu sei que são humanos e racionais, e como tal, pertenço à espécie deles.

    ResponderEliminar
  2. Eu acredito no exposto e antes de ter lido já tinha pensado nisso, isto é, uma forma que criaram para erradicar as pessoas como já fizeram, relativamente, a outras epidemias.
    José Pires, grata pela informação e denúncia de que todos devemos ser alertados.
    ZCH

    ResponderEliminar
  3. Ébola: vírus criado pela engenharia genética. =>O vírus Ébola é um organismo geneticamente modificado (OGM)
    Horowitz (1998) foi deliberado e inequívoco quando explicou a ameaça de novas doenças no seu texto, os Vírus Emergentes eram: a AIDS e o EBOLA – Natural, acidental ou intencional. Na sua entrevista com o Dr. Robert Strecker no capítulo 7, a discussão, no início de 1970, deixou claro que a guerra era entre os países que sediavam a KGB (antiga URSS) e a CIA (EUA), e a “fabricação” do vírus da AIDS como uma cepa virulenta “era claramente dirigido para ser usado contra o outro lado. De passagem, durante a entrevista, foi feita menção a existência do “edifício Ébola” dentro do Fort Detrick, nos EUA, e “um monte de problemas com doenças estranhas” em “Frederick [Maryland].”

    Pelo capítulo 12 do seu texto, ele tinha confirmado a existência de um complexo militar-médico-farmacêutico norte-americano que realiza testes de armas biológicas sob o pretexto de administrar vacinas para controlar doenças e melhorar a saúde dos “negros africanos no exterior.” O livro é um excelente texto, e todos os líderes políticos e quem mais tiver interesse em ciência, saúde, pessoas, conspirações e intriga deve estudá-lo. Surpreende-me que os líderes africanos não estão fazendo nenhuma referência a este importante documento.

    O vírus EBOLA tem uma história terrível e testes tem sido secretamente feitos na África:

    Agora estou a ler The Hot Zone, um romance, de Richard Preston (copyright 1989 e 1994); é de cortar o coração. O escritor prolífico e proeminente, Steven King, é citado como tendo dito que o livro é “Uma das coisas mais horríveis que eu já li. Ele é uma notável obra de arte”. Como um bestseller do New York Times, The Hot Zone é apresentado como “uma verdadeira história aterrorizante”.

    Terrível, sim, porque a descrição patológica do que foi encontrado em animais mortos pelo vírus Ébola é o que o vírus tem vindo a fazer hoje aos seres humanos cidadãos da Guiné, Serra Leoa e Libéria, em sua manifestação mais recente: O vírus Ébola destrói os órgãos internos dos seres humanos e o corpo se deteriora rapidamente sucedendo a morte.<= (Fonte: http://www.liberianobserver.com/) J.Machado

    ResponderEliminar