segunda-feira, 19 de maio de 2014

(…) E… OITENTA ANOS DEPOIS (…)

Um grupo de cientistas britânicos conseguiu perceber (Eu direi COMEÇAR a perceber) como transformar luz em matéria e planeia demonstrá-lo nos próximos 12 meses, indica o The Guardian.
A teoria que deu origem à descoberta tem 80 anos. Foi descrita por dois cientistas dos EUA que, em 1934, perceberam que se dois fotões colidissem a altas velocidades poderiam combinar-se para formar um eletrão e um positrão, o seu equivalente em termos de antimatéria.
Na altura, estes cientistas, Breit e Wheeler, consideraram que o fenómeno nunca poderia ser observado em laboratório devido à raridade do evento. Todavia, os cientistas britânicos pretendem, agora, usar lasers de alta potência para produzir a colisão e, por conseguinte, matéria.
Apesar de a matéria criada ser à escala das partículas subatómicas, Oliver Pike, líder da equipa de investigação, indica que esta é uma das “mais elegantes demonstração da famosa relação de Einstein que mostra que matéria e energia são moedas intercambiáveis”. Pike acrescentou que “O processo Breit-Wheeler é a forma mais simples segundo a qual podemos fazer matéria a partir de luz e uma das demonstrações mais puras de E=mc2”
TODOS e TUDO É LUZ
 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário