terça-feira, 24 de setembro de 2013

E... "eles" continuam a viver na maior


MIGUEL RELVAS (O “cassola”), RICARDO LIMA (Presidente da Cimpor), ANTÓNIO MEXIA (Presidente executivo da EDP) , FERNANDES THOMAZ (Presidente da Caixa Geral Brasil ), FERNANDO TELES (Presidente do C.A. do Banco BIC), JORGE MENDES (Presidente da GestFute) e a MARIZA (devia ter sido SÓ para cantar o TRISTE FADO PORTUGUÊS)
 
Veja o vídeo:



 
PROCUREMOS TODOS/AS LUTAR PELOS VALORES DO SER HUMANO e do PAÍS, que esta “gente” está CONSTANTEMENTE a destruir :‘(

2 comentários:

  1. Caro José Pires,

    Quem nos governa? Não é quem o povo deseja? O povo apenas pode escolher entre as alternativas que lhe são apresentadas. Que alternativas? Um grupo de incapazes que se abandalharam (tornaram-se bando) constitui uma lista cujos elementos pouca gente conhece, mas que estão ligados entre si por cumplicidades, conivências, troca de favores e um comum desejo inabalável de grande enriquecimento, obtido rapidamente, por qualquer forma, sem moral, ética,,vergonha nem escrúpulos. Qual a ferramenta que usam para obter votos: um palavreado falso, sem conteúdo com palavras invulgares para criar ilusão de erudição e muitas promessas fantasiosas que não pensam cumprir, nem saberiam como o fazer, e que rasgam depois de contados os votos.
    Só depois de estarem no poder é que o eleitor começa a descortinar o erro em que caiu. Mas o manso português carece de coragem para emendar o erro. E eles saqueiam os bolsos do pobre e do remedado para se encherem e àqueles de quem dependem para o futuro tacho, como luxuoso lar de terceira idade, e de quem recebem a corrupção que empobrece o Estado (todos nós), última vítima deste desaforo.
    Devemos pensar nestas realidades na véspera das eleições e decidirmos se eles merecem o nosso voto se lhes devemos dar o nosso apoio e consentimento.

    Abraço
    João Soares

    ResponderEliminar
  2. Caro AMIGO e HOMEM João,

    “Só depois de estarem no poder é que o eleitor começa a descortinar o erro em que caiu.”
    PERGUNTO PARA MIM PRÓPRIO SE O ELEITOR DESCORTINARÁ O ERRO… VIVE NESTE EMBUSTE HÁ 4 DÉCADAS.

    “Mas o manso português carece de coragem para emendar o erro.”
    NÃO SÓ CARECE DE CORAGEM AMIGO, ESTE POVO SÓ PODE É ESTAR ZOMBIE !!!

    O último paragrafo do amigo, tem TODO O SENTIDO => Será que o “nosso” CONSENTIMENTO e a validação pelo voto da dita “dēmokratía” (governo do povo) não é mais uma vez a legitimidade efectivamente dada pelo voto e, tantas vezes invocada pelo(s) ”kratos” ( poder ) para continuar a reinar a seu belo prazer ?
    É. CLARO QUE É !!!
    O estado realmente somos nós ( PARA O PAGARMOS ) e, o estado actual NÃO É PARA NÓS, NEM POR NÓS.
    É APENAS para um grupo de malfeitores que ao longo destes anos se tem alimentado DO e NO “kratos” .

    Esta é a situação e… NÃO LHE DEMOS O TAL “CONSENTIMENTO” !!!

    Um abraço.
    “SIMPLESMENTE o” Zé

    ResponderEliminar