quinta-feira, 11 de julho de 2013

POIS... EM TERRA DE CEGOS...

O que queres fazer num país de cobardes que, ainda por cima, foram embrutecidos pela desinformação jornaleira, que são imaturos e se comportam na política como no futebol? Em cima disto estão convencidos de que são avançados, informados, inteligentes e os melhores, e têm nisso um orgulho tão grande que os impede de ver os seus erros para que os possam corrigir, o que lhes garante a continuidade, tal como a garantem à corrupção e ao roubo aprovando (votando) nos seus carrascos. Conheces um povo mais estúpido? Pergunta aos emigrantes mais antigos e aos seus filhos mais velhos. Se tiveres amigos estrangeiros pergunta-lhes também. Um país onde nas escolas nem se ensina aquilo a que chamam contabilidade doméstica e dá no que dá. Nem se lhes ensina como encarar e se defender da publicidade e só comprar o que se lhes manda, é o país com maior publicidade na Europa, mas há quem se queixe de que é pouca e caem em toda a banha da cobra da corrupção política. Formam-se atrasados mentais para que aceitem as oligarquias e não lhes façam obstáculo. Observando os países democráticos concluímos que quanto maior for o controlo dos governantes pelo povo, maior é a democracia, menos o roubo a ladroagem e a impunidade, e melhor eles vivem. Cá, até as conversações sobre assuntos de interesse nacional são vergonhosa e abusivamente mantidas secretas, envidando todos os esforços para que o povo de carneiros nada saiba e se mantenha afastado de qualquer decisão. Mesmo assim ainda há tolos e analfabetos que acreditam que esta oligarquia seja uma democracia.
«Cada povo merece o governo que merece.»
Quiça…
Este pequeno texto de, um LEÃO lúcido, te leve a encontrar uma resposta…
 
ACORDA !
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário