segunda-feira, 13 de maio de 2013

TREZE DE MAIO DE 1917 D. CRISTO

Nossa Senhora de Fátima (ou Nossa Senhora do Rosário de Fátima) é uma das designações atribuídas a Maria (mãe terrena de Jesus) que, segundo os relatos da época, apareceu repetidamente a três pastores [Lúcia de Jesus (10 anos), Francisco (9 anos) e Jacinta (7 anos)], num campo da Cova de Iria, na freguesia de Fátima, em Ourém, tendo a primeira aparição acontecido no dia 13 de Maio de 1917 D. CRISTO. A aparição é associada também a Nossa Senhora do Rosário, sendo portanto aceito a combinação dos dois nomes - dando origem a "Nossa Senhora do Rosário de Fátima" - pois, segundo os relatos, "Nossa Senhora do Rosário" teria sido o nome pelo qual Maria se haveria identificado, dado que a mensagem que trazia consigo era um pedido de oração, nomeadamente, a oração do Santo Rosário. Estas aparições continuaram durante seis meses seguidos, sempre no mesmo dia (exceptuando Agosto).
 
Na última aparição (13 de Outubro), estavam presentes 70.000 pessoas e como relatou o jornal da altura “ O SÉCULO “ :
todos os presentes observaram que o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra”
As estimativas do tamanho da multidão variam de "trinta a quarenta mil" por Avelino de Almeida, escrevendo para o jornal português O Século, a cem mil, segundo estimativa de José de Almeida Garrett, professor de ciências naturais na Universidade de Coimbra. Ambos presenciaram o fenómeno. As crianças haviam relatado em datas anteriores que Nossa Senhora tinha prometido um milagre para o meio-dia de 13 de Outubro, na Iria de Cova, "de modo que todos pudessem acreditar. De acordo com muitas indicações das testemunhas, por exemplo o avô materno de Fátima Magalhães, entre muitos outros, após uma chuva torrencial, as nuvens desmancharam-se no firmamento e o Sol apareceu como um disco opaco, girando no céu. Algumas afirmaram que não se tratava do Sol, mas de um disco em proporções solares, semelhante à lua. Disse-se ser significativamente menos brilhante do que o normal, acompanhado de luzes multicoloridas, que se reflectiram na paisagem, nas pessoas e nas nuvens circunvizinhas. Foi relatado que o pretenso Sol se teria movido com um padrão de ziguezague, assustando muitos daqueles que o presenciaram, que pensaram ser o fim do mundo. Muitas testemunhas relataram que a terra e as roupas previamente molhadas ficaram completamente secas, num curto intervalo de tempo. De acordo com relatórios das testemunhas, o Milagre do Sol durou aproximadamente dez minutos. As três crianças, relataram terem observado Jesus, a Virgem Maria, e São José abençoando as pessoas dentro ou junto do Sol. Outras testemunhas afirmaram ter visto vultos de configuração humana dentro do Sol quando este desceu
Se não fosse a imprensa republicana, Fátima poderia não ser tão conhecida. António Teixeira Fernandes, sociólogo da Universidade do Porto, não tem dúvidas: "No fundo, os jornais que mais deram a conhecer Fátima foram os jornais republicanos e laicos que na época despertaram mesmo a irritação de muitos como por exemplo os Monárquicos e a Igreja Católica.
Significa isto que Deus escreveu direito pelas linhas tortas da imprensa republicana?
Teixeira Fernandes escreveu:
"Não direi isso. Fátima, por si própria, teria a expansão que tem hoje. Mas naquela época, em que os meios de comunicação não tinham a capacidade de hoje, (os jornais republicanos) ajudaram a tornar o fenómeno mais conhecido."

 VÍDEO:

video
 
Imagens  em Fátima, a 13 de Outubro de 1917 D. CRISTO:
 
 
 
 
 
 



 
 

Carta de Lúcia de Jesus:


______________________________________________


VÍDEO "NÓS NESTE COSMOS":

video
 

PAZ para tod@s

(OM SHANTI)


Sem comentários:

Enviar um comentário