domingo, 17 de março de 2013

A VERGONHOSA AUSTERIDADE

 
 
 
- Reduzam 50% do Orçamento da Assembleia da República
E poupa-se aproximadamente:  43.000.000,00€
- Reduzam 50% do Orçamento da Presidência da República
E poupa-se aproximadamente:  7.600.000,00€
- Cortem as Subvenções Vitalícias aos Políticos deputados
E poupa-se aproximadamente:   8.000.000,00€
- Cortem 30% nos vencimentos e outras mordomias dos políticos, seus assessores, secretários e companhia
E poupa-se aproximadamente:   2.000.000.00€
- Cortem 50% das subvenções estatais aos partidos políticos
E poupa-se aproximadamente:   40.000.000,00€.
- Cortem, com rigor, os apoios, os benefícios fiscais às Fundações
E poupa-se aproximadamente:  500.000.000,00€.
- Reduzam, em média, 1,5 Vereador por cada Câmara
E poupa-se aproximadamente:   13.000.000,00€
- Renegociem, a sério, as famosas Parcerias Público Privadas e as Rendas Energéticas
E poupa-se aproximadamente:  1.500.000.000,00€.
 Só aqui nestas “coisitas”, o País (estado) reduzia a despesa em mais de:
DOIS MIL e CEM MILHÕES de Euros.
Mas nas receitas também se pode melhorar e muito
- Combatam eficazmente a tão desenvolvida ECONOMIA PARALELA
E as receitas aumentam aproximadamente: 10.000.000.000,00€
- Procurem e realizem o dinheiro que foi metido no BPN
E as receitas aumentam aproximadamente: 9.000.000.000,00€
- Vendam 200 das tais 238 viaturas de luxo do parque do Estado
E as receitas aumentam aproximadamente: 5.000.000,00€
- Façam o mesmo a 308 automóveis das Câmaras, 1 por cada uma
E as receitas aumentam aproximadamente: 3.000.000,00€.
- Fundam a CP com a Refer e outras empresas do grupo e ainda com a Soflusa
E  só de não pagarem a tantos administradores, as receitas aumentam aproximadamente:  7.000.000,00€
 Resumo de uma em entrevista da SIC a Boaventura Sousa Santos
 
E… Só nestas “coisitas” as receitas aumentarão cerca de:
VINTE MIL MILHÕES DE EUROS
E… isto sem fazer às reduções das despesas com combustíveis, telemóveis e outras mordomias, que REALMENTE NÃO SÃO DESPRESÍVEIS.
Sendo assim, é ou não possível, reduzir o défice, reduzir a dívida pública, injetar liquidez na economia, para que o País volte a funcionar?
 Há ou não alternativas ?
 Estes “senhores” que DESgovernam o País e o Planeta é que:
 NÃO QUEREM e
 ROUBAM O
ZÉ POVINHO

Sem comentários:

Enviar um comentário