sexta-feira, 2 de novembro de 2012

A ESCUMALHA e O POVO ...

O País está quase na ruína e os culpados vivem à grande e exibem-se sem qualquer vergonha ou receio, por Portugal e por essa Europa fora!
Dias Loureiro continua na maior, a investir em Cabo Verde e a viver numa luxuosa moradia nos arredores de Lisboa.
Os banqueiros e seus ajudantes administradores que afundaram os Bancos continuam a circular sem qualquer problema, Valentim Loureiro até recebeu uma condecoração, Isaltino de Morais goza com a Justiça, Duarte Lima nunca mais vai ser julgado pelo que fez ao BPN e tantos outros que em conjunto foram os responsáveis pela subida da dívida externa para 120% do nosso PIB!
E já ninguém se lembra do roubo colossal que foi a utilização das verbas que a CEE nos entregou para formação!
Aquilo é que foi “fartar vilanagem”!
Quantos enriqueceram abotoando-se com milhares de milhões!
Algum foi punido por esta ridícula Justiça que temos?
Nem um !
Lembram-se de quem era o Primeiro Ministro na altura?
Os dois ou três que foram acusados acabaram por ver o crime prescrever!
E, no entanto, quem está a ser chamado a pagar todo o mal que aquela gentalha nos fez, a ficar arruinado, a ver o fim da sua vida sem perspectiva de uma reforma digna, que mal dando para sobreviver, vêm chegar a sua casa os filhos e, às vezes, até os netos, todos desempregados, quem é?
Nós todos, os que não enveredaram por uma carreira política ou não pertencemos às grandes famílias dos banqueiros e seus adjuntos!
Sim, estamos a pagar por milhares de crimes que não cometemos e pelo roubo de milhares de milhões!
E tal iniquidade e injustiça começam a criar uma raiva e um ódio para com todos os responsáveis pelo que está a acontecer!
Acredito plenamente que um dia chegará o momento em que uma enxurrada violenta varrerá toda essa escumalha!
E não haverá comiseração nem piedade! 
 


E agora, vêem os do FMI ajudar a cortar nas despesas com Saúde, Educação e Defesa. Mas os teóricos do FMI, com ideologia semelhante à dos nossos teóricos, fomentadores e gestores da austeridade, não conseguirão deixar a obsessão do aumento do fisco e dos cortes das despesas úteis no apoio aos mais desfavorecidos. Não é crível que, com os apoios tendenciosos, dos burocratas nacionais tomem posição contra os «administradores» dos tais 1520 organismos referidos por Marques Mendes, crendo-se que muitos destes são apoiados pelo sector político, em resultado de trocas de favores ou de outros factores de amizade.
O que será de nós. Portugueses ???


E O POVO ???

Terá de LUTAR em SUA LEGITIMA DEFESA !

PREOCUPEM-SE
SÉRIAMENTE 
ou...


dia 12 a “chefe” da ESCUMALHA fecha o País

3 comentários:

  1. Amigo já não tenho palavras. Isto vai de mal a pior.A justiça zela pelos infractores e a PSP e todas as forças de segurança protegem-nos....

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde

    Por apreciar este blogue e como as regras do Prémio DARDOS referem que devemos indicar os blogues a que o atribuiríamos, decidi inclui-lo no conjunto de blogues a que o atribuí.

    O Prémio pode ser visto aqui: http://joaobarbeita.blogspot.pt/2012/11/agradeco-o-premio-dardos.html

    Deixo ao seu critério a exibição, ou não, do referido Prémio.

    João

    ResponderEliminar